sexta-feira, 25 de maio de 2012

Bacharela e Mestra

Agora é lei. Neste mês de maio a Presidenta Dilma assinou a lei que obriga as Instituições de Ensino Superior do país a emitir diplomas com alteração no gênero: bacharel ou bacharela e mestre ou mestra. As mulheres que possuem diplomas impressos como bacharel ou mestre podem requerer um outro com a nova mudança de gênero. O que isto traz de importante para o cenário educativo? Absolutamente nada. Talvez seja mais uma forma de mostrar o poder que a mulher tem no Brasil de hoje. Mas, será que poder e conhecimento passam pelo crivo de simples vogais ao final de uma titulação? E aquelas que possuem diplomas anteriores à lei, devem sentir-se diminuídas? E se de repente os homens saem às ruas exigindo em seus diplomas os títulos de "dentisto" ou "jornalisto"? O que será do nosso idioma?
A língua é um instrumento vivo, dinâmico. Vamos aguardar a resposta dos principais interessados: os usuários da língua portuguesa.
Ah... quer saber? Eu e o Brasil temos coisas mais importantes para resolver.

Grande abraço!

Um comentário:

  1. pura verdade... parabens pela opinião...

    ResponderExcluir